Sucessão
corporativa

LEGADO - HERANÇA PERENE E INTRANSFERÍVEL

Justus Capital

Nossas crenças de quando e como desenvolver a modelagem de um processo sucessório bem sucedido amparam-se em várias experiências que resultaram nos princípios e definições que adotamos.

Legado

HERANÇA PERENE E INTRANSFERÍVEL

O reconhecimento do LEGADO é condição PÉTREA do processo de sucessão da empresa. É a materialização – acima de tudo – da vontade do fundador.

Tem, ainda, um significado mais profundo, sendo encarada, por conta disso, como um verdadeiro ritual no qual se transfere poderes e capital para uma nova geração de profissionais ou um grupo diverso.

Recurso a técnicas de administração, finanças e suporte jurídico são necessárias para a legitimação dos efeitos, mas é a vontade do fundador que deve ser respeitada e orientar a iniciativa.

Por isso, qualquer que seja a referência afetiva e fática em relação à sua figura, os sucessores devem respeitar e honrar o seu legado...

Planejamento

QUANDO COMEÇAR O PROCESSO

Sabemos que empresas familiares em busca de harmonia têm uma dificuldade em comum: “não sabem por onde começar”.

Seja qual for o motivo da sucessão é fundamental que seja elaborado um planejamento detalhado e adequado à sua realidade.

Nossas crenças de quando e como desenvolver a modelagem de um processo sucessório bem sucedido ampara-se em várias experiências, o que resultou nos princípios e definições que adotamos.

Em condições ideais, o plano sucessório deve começar com bastante antecedência, permitindo, assim, maior adaptação de todos os envolvidos com as novas lideranças.

Internamente, se não conduzido adequadamente, poderá vir a ser um fator desestabilizador de estruturas e de gente.

Assim, é fundamental que os responsáveis pela concepção e gerenciamento do processo sejam de total confiança dos fundadores.

Teremos prazer de encaminhar-lhe material sobre o nosso
entendimento deste processo e compartilhar experiências.